Não-Poesias | #10

De Janeiro a Janeiro

De sol a sol

Sempre me lembro de te esquecer.

Carina Pereira

in “Não-Poesias”

Anúncios

Não-Poesias | #9

Fujo de onde estás.

Viajo por aí para além de

Outro oceano

Outro continente

Outro hemisfério.

É inútil fugir para longe daquilo

Que reside em nós;

Carrego-te assim à volta do mundo

Como quem carrega o fardo de uma morte anunciada.

Não posso fugir de mim

logo

Não posso fugir de ti.

Carina Pereira

in “Não-Poesias”

Não-Poesias | #7

Nunca dizemos o que sentimos, antes,

Quando ainda há tempo

Por isso te escrevo este poema póstumo

E to entrego em avanço

Insinuando todas as coisas que te devia ter dito

E vou deixando para quando for tarde demais.

Carina Pereira

in “Não-Poesias”