Copo Menstrual | MeLuna

Já vos estava a dever este post há semanas, mas como queria escrever sobre este assunto de forma completa, acabei por ir adiando a publicação. Mas aqui está, e ainda vai a tempo de vos dar a oportunidade de aproveitarem a campanha de Verão da MeLuna. Até ao final de Julho, a MeLuna está a vender o copo online por apenas €18, já com portes de envio incluídos.

Vamos lá começar.

Então, o que é isto do copo menstrual?

Para aqueles que ainda não se depararam com informação online sobre isto, um copo menstrual é exactamente aquilo a que soa: um pequeno copo em silicone ou TPE que se introduz no canal vaginal e que recolhe o sangue menstrual. É reutilizável, durando até dez anos, e não contém químicos na sua composição, por isso, ao contrário das outras alternativas, como pensos descartáveis e tampões, é amigo do ambiente e do nosso corpo.

IMG_1052

Wow, Carina, mas essa cena é enorme? Como é que isso lá cabe?

Para começar, é bom que vocês façam uma análise para encontrarem a raíz do vosso desassossego e repulsa em relação ao copo. Sim, o copo parece grande, mas é introduzido dobrado e, com toda a honestidade, vocês sabem que passam coisas maiores por lá, certo? Bem sei que estamos todas habituadas a tratar tudo o que é intimidade, principalmente feminina, com uma boa dose de nojo e vergonha, mas é a falar que os preconceitos se vão desfazendo e uma mente aberta traz muitos benefícios.

Há várias dobras para introduzir o copo, que podem consultar online. Pessoalmente, prefiro a chamada punch down fold, a terceira imagem abaixo.

folding-menstrual-cup-for-insertion

Uma vez lá colocado, o copo deve abrir-se e voltar à posição inicial. Isto nem sempre acontece automaticamente, daí que há algumas formas de ajudarmos o copo a abrir: ou o rodamos, segurando a ponta do copo com o polegar e o indicador na entrada da vagina, ou, como eu faço, com o indicador empurro a parte que está dobrada para que se levante e está feito. Demora uns segundos, não provoca dor e o copo fica colocado de forma correcta.

Tornarem-se experts em colocar o copo pode demorar – só à quarta tentativa é que consegui colocá-lo bem e fazê-lo abrir – mas vocês chegam lá. Não desistam logo e, se necessário, usem um lubrificante à base de água (mais sobre isso abaixo).

E os maus odores?

Quem usa tampões e pensos sabe o desconforto e o terror que é ter a sensação que libertamos mau odor. Por causa disto é que esses produtos usam químicos, para que o cheiro não seja tão intenso.

O copo mesntrual cria vácuo, significando que o copo não sai nem se mexe, e que o sangue que lá fica armazenado não entra em contacto com o ar, não provocando, assim, maus cheiros e fungos. Há algum cheiro quando se retira o copo, mas (idealmente) vocês vão fazê-lo na casa de banho, por isso não têm de se preocupar e o cheiro não fica no caixote do lixo sequer.

Mas eu tenho dificuldade em colocar tampões. 

A MeLuna tem um copo especialmente desenhado para quem é sensível, o Soft. Não se esqueçam que, sendo feitos de algodão e/ou uma seda vegetal, os tampões criam fricção em contacto com a pele e podem ser difíceis de colocar, principalmente quando não há muito fluxo menstrual. É impossível colocar um tampão sem dor quando não existe menstruação, nem é recomendado devido à possibilidade do Sindrome do Choque Tóxico.

Já o copo pode ser colocado mesmo sem menstruação, o que pode ser bastante útil. É suposto o período chegar hoje, mas ainda não veio e tens receio de ser apanhada desprevenida? Coloca o copo antes de teres o período e vai à tua vida, não tens de te preocupar com mais nada. Pessoalmente, já fiz isto e andei descansada o dia todo.

Claro que a flora vaginal nem sempre permite que se coloque o copo quando não se está com o período por falta de lubrificação, mas isto também se resolve facilmente. Quer seja porque tens dificuldade em colocar o copo – principalmente nas primeiras vezes em que o usas – quer seja porque há demasiada fricção para o colocares, pois não estás com o período, usa a ajuda de um lubrificante à base de água. Desde que seja à base de água, – compatível com preservativos – é também compativel com o material do copo e não há qualquer contra-indicação no seu uso.

E não há vazamentos?

Se houver, é porque o copo não está colocado correctamente. Há várias dicas online acerca do que pode estar a correr mal para haver vazamentos; regra geral, quando bem colocado, o copo abre e cria um vácuo, recolhendo o sangue, sem que a roupa interior padeça.

Como é que vejo se o copo está completamente aberto?

Dedos. Com o dedo indicador na entrada da vagina circula o copo, vais logo notar se está aberto ou não. E não olhes assim para mim, é o teu corpo, fica à vontade. Há elasticidade suficiente e não te vais magoar.

E como é que faço para “trocar” o copo? E se estiver fora de casa?

Para retirar o copo, eu aconselho a apertá-lo na base com a ajuda do indicador e polegar. Desta forma o vácuo quebra-se. Depois, é puxá-lo devagarinho, de preferência mexendo-o para um lado e depois para o outro, até ele sair. Depois, é virar o conteúdo na sanita, lavar o copo com água e voltar a inseri-lo.

Ao contrário dos tampões, no entanto, o copo aguenta umas doze horas sem ser trocado. Eu coloco-o de manhã cedo antes de sair de casa e só o despejo quando me vou deitar, à noite. Já cheguei a sair bem cedo e a chegar depois da meia-noite, sem o trocar e sem qualquer problema. A minha regra é colocar de manhã e despejar antes de ir dormir, para o colocar de novo, assim posso usá-lo também durante toda a noite.

Se, realmente, for preciso despejá-lo a meio do dia por qualquer razão, ou se o tiveres de fazer numa casa-de-banho pública, aconselho a despejar o sangue na sanita e a limpar o copo o melhor possível com papel higiénico, ou uma toalhita, antes de o voltar a colocar, e depois tratar melhor dele uma vez chegados a casa, ou mesmo levarem uma garrafinha de água para a casa de banho e lavá-lo por alto. Descomplicar é a palavra de ordem. 

E não transborda?

Nós temos ideia de que sangramos mais do que, efectivamente, o fazemos. O meu copo MeLuna é um M (capacidade para 28ml) e, tendo bastante fluxo (tinha de trocar os tampões Super regularmente durante o dia), o copo que uso durante o dia todo fica, geralmente, meio cheio.

Espera, e como é que urino com o copo lá colocado?

(Isto foi, legitimamente, uma pergunta que me colocaram e que demonstra o quanto o nosso sistema educacional e o preconceito geral em relação à sexualidade feminina nos falha a todos.)

O período e a urina saem de dois canais diferentes. O copo está dentro da vagina, logo, não tapa o orifício urinário (uretra).

Está aqui uma imagem para entenderes as partes que compõem a vulva, mas podes também pegar num espelho e observar-te, devia ser mandatório, até.

vulva

A haste do copo fica fora da vagina, e agora? 

A haste pode ser cortada para se ajustar a cada pessoa. Aliás, o colo do útero sobe e desce ao longo do ciclo menstrual, de maneira que a haste pode parecer estar bem e depois parecer demasiado comprida. Podem cortá-la completamente, desde que não furem a base do copo, a haste não é necessária para colocar e retirar o copo. Podem também optar pela haste em bola que é mais pequena.

Para situações especiais, a MeLuna tem também o copo Shorty, ligeiramente mais pequeno.

Mas agora o copo está muito alto e não tenho a haste para o agarrar. 

Usa os músculos vaginais. Se o copo está um pouco em cima e tens dificuldade em lá chegar, não entres em pânico, lá ele não fica. Faz força como se precisasses de fazer o #2 , usa os músculos que tens, e o copo desce. Introduz os dedos para o apertar e tirar, como explicado já acima. Acredita em mim, isso acontece-me e nunca há stress.

Como trato do copo?

Simples: entre usos, lava bem com água (podes usar um sabonete natural sem cheiro, mas não é necessário). No final do ciclo, ferve-o num tacho pequeno – que uses só para isso – para desinfectar, durante 5 a 10 minutos. Guarda no saquinho que vem com o copo até ao próximo uso.

dscf9408

(aqui o meu tachinho, sabonete natural e lubrificante à base de água)

Mas o que é que eu ganho em usar o copo?

Os pensos são extremamente desconfortáveis. Tanto os pensos como os tampões têm quimicos que são nocivos para o teu corpo e, no caso dos tampões, há sempre o risco do Sindrome do Choque Tóxico. Além disto, são uma das maiores fontes de lixo todos os anos e são uma despesa pesada.

(Mulheres que usam o DIU devem falar primeiro com o médico.)

O copo é:

  • Reutilizável, logo, bom para o ambiente (Zero Waste Life, anyone?);
  • Económico (um copo pode custar uma média de €30, mas dura dez anos. Comparando com os pensos e tampões que se usam nesse espaço de tempo, como diria o Guterres, é fazer as contas);
  • Saudável (sem químicos, o facto de o sangue não estar em contacto com o ar evita a criação de bactérias.);
  • Cómodo (eu coloco o copo de manhã e tiro à noite e nem me lembro dele durante o dia. Antigamente, se fosse de férias e estivesse com o período era “oh, não!”, agora é “ah, okay, tenho de levar o copo.” Pensem nisso.).

 

O Copo MeLuna

Esta publicação teve base na aquisição do copo MeLuna; aproveitei a promoção de Verão deles para experimentar a marca – o meu copo anterior era da marca SilkyCup – daí querer fazer uma review comparativa.

O copo chegou embalado a minha casa, pelo correio, poucos dias depois de o ter encomendado online (podem adquiri-lo na Wells e em algumas farmácias, mas aí a promoção já não entra em vigor e custa os usuais €24).

IMG_0979.JPG

O copo vem numa caixa, com um saquinho para o guardar e traz também um pequeno manual com informações importantes e um pequeno calendário mesntrual (como podem ver nas imagens.)

IMG_0990

Posso já dizer que estou extremamente satisfeita com este copo, principalmente em comparação com o outro que tenho, da SilkyCup. É ligeiramente mais largo, mas mais pequeno, o que fez com que eu não necessitasse de cortar a haste, dando-me ainda espaço de manobra caso sinta que está demasiado alto (já o da SilkyCup tive de a cortar, o copo era mais estreito e longo).

Também gosto mais do toque deste e é mais confortável, por ser mais curto. Já experimentei um em silicone, em vez de TPE. Por ser mais mole, às vezes era mais difícil de colocar. Este tem também uns relevos, tanto na haste como na base, para conseguirmos segurá-lo e retirá-lo melhor.

Escolhi a base em haste, porque eu queria o copo em preto e não havia no modelo com a bolinha. Os copos mais claros têm tendência a ficar manchados com a utilização, daí eu ter preferido o preto (a quem é que eu quero enganar, a cor do copo é um reflexo da minha alma, não podia ter escolhido outra cor mesmo que quisesse, cool inside ‘n out. 😛 ).

O copo tem também dois furinhos, um de cada lado, para ajudar a criar e a quebrar o vácuo, o outro não tinha. Por isso, abre facilmente e consigo metê-lo sem quaisquer problemas.

Talvez por estas razões todas, nunca cheguei a ter vazamento com o copo da MeLuna. Já o da SilkyCup, embora nunca tivessem acontecido acidentes, por vezes deixava pequenas marcas na roupa interior, mesmo quando estava completamente aberto.

Resumindo, ter começado a usar um copo menstrual foi uma das melhores decisões que tomei (sem exageros) e aconselho os copos MeLuna a quem quer começar. Vão bem servidos.

E não, não me pagaram por isto. Mas eu quero ver as pessoas felizes, por isso aceitem o conselho e comprem um copo menstrual o quanto antes. Vai mudar-vos a vida.

*

Uma última pergunta, Carina. De manhã faço tudo a correr e acho que estar a tirar o copo, lavá-lo e voltar a colocá-lo me vai tirar minutos preciosos; também queria reduzir o lixo que produzo, por isso usar pensos durante a noite não é boa opção. E agora? 

Pois, eu entendo isso. Quando demorava mais tempo a colocar o copo, bem no início, também me debatia com esse aspecto. Isso não significa que tenhas de voltar a usar produtos descartáveis. Já ouviste falar em pensos higiénicos reutilizáveis? Não? Ah, então isso é um tema para um próximo post.

Até lá!

Carina Pereira

Quando experimentei o meu primeiro copo, há mais de um ano, fiz um post aqui, que podem ler para mais informação e detalhes (embora algumas coisas serão repetidas.) 

Para quem entende Inglês, há um canal excepcional com todas as indicações e respostas a dúvidas que vos possam surgir, não só acerca do copo menstrual, mas de tudo relacionado com o período. Neste link

 

Anúncios

7 thoughts on “Copo Menstrual | MeLuna

    • Patrícia Rodrigues diz:

      Carina, parabéns pelo post! Este foi o melhor texto que já li a respeito do assunto. Nota-se o quanto você pesquisou e se preparou para passar todas as informações de forma clara e muito bem escrita. No Brasil o copo menstrual ainda é uma novidade bem recente e vou compartilhar o seu texto para que mais pessoas possam ter acesso a essas informações tão importantes. Muito obrigada por partilhar sua experiência! Beijos

      Liked by 1 person

      • contadordestorias diz:

        Olá, Patrícia! Eu é que agradeço as palavras! Quis experimentar o copo assim que ouvi falar dele – a minha transição de pensos para tampões foi tão boa que achei que com o copo só me podia facilitar ainda mais a vida – que depois acabei por ver imensos vídeos e, ao experimentar, também ganhei experiência para falar sobre o assunto. Daí ter partilhado, acho que há muita mística ainda à volta do copo, e é uma coisa que pode tornar o período tão cómodo, que é uma pena algumas mulheres não o quererem, sequer, experimentar. Ando a ver se consigo converter mais algumas! Agradeço imenso a partilha também! Beijinhos!

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s