(Des)Motivações

Na minha terra as aulas deste ano começaram a 20 de Setembro. A apresentação dos alunos aos professores, porém, foi na sexta-feira anterior.

A minha sobrinha tem sete anos e, já contei antes aqui, a escola é assunto que ela costuma evitar. Se não está em aulas, não lhe falem nisso; se está, então já não é preciso falar, pois não? Este ano porém, e chamando até mim as palavras de António Zambujo – ou, não sendo dele, as que ele tão bem canta – algo estranho acontece e, ligando eu à minha cunhada para saber como correu a apresentação, ouço a surpreendente afirmação de “ela está desejosa de voltar às aulas na segunda.”

Estará o mundo louco? Terão as férias de Verão mudado a forma como a minha sobrinha vê a escola, terá ela entendido já a palavra saudade? Ou, pergunto eu à minha cunhada em tom de chacota, apaixonou-se ela no primeiro dia?

Não, não foi bem isso. Mas quase. Pelos vistos, entrando pela escola de mão dada com a mãe, foi-lhe apontado o professor: “Vês, o teu professor é aquele.” A piquena ri-se. E, do alto dos seus sete anos, diz com malandrice: “Uau, que gatinho.” Assim, tão simples quanto isto.

E, de repente, se arranja motivação. Estamos feitos com ela.

Carina Pereira

Anúncios

5 thoughts on “(Des)Motivações

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s