Cabelices

Todos os anos peço à minha cunhada para me cortar o cabelo mais curto – abaixo dos ombros – porque ter cabelo comprido dá uma trabalheira do caneco.

Todos os anos ela me pergunta se “assim está bem” e eu, sem ter bem a certeza, digo que sim e, já com o cabelo todo arranjadinho, saio do cabeleireiro muito feliz porque, – finalmente! – acertei no comprimento ideal do cabelo para ser simples de tratar, e ainda por cima me fica bem.

Todos os anos, quando lavo o cabelo no dia seguinte, me arrependo profundamente do que fiz, porque quando ao natural o cabelo não fica bem a mesma coisa, e eu não tenho a pachorra que é necessária para o esticar todos os dias.

Todos os anos isto acontece, e sempre repito, “para o ano não o corto assim”!

Para o ano não o corto assim.

Carina Pereira

Anúncios

9 thoughts on “Cabelices

    • contadordestorias diz:

      O meu cabelo é ainda mais indeciso do que eu, de maneira que nem é liso nem encaracolado… E quando não está esticadinho/arranjado tem umas formas meio doidas que não me favorecem nada! Quando está mais comprido já fica bem melhor, e não preciso de o arranjar mas, enquanto curto, se eu não o esticar, ou pelo menos usar um ferro para fazer bem os caracóis, não me fica nada bem! Para andar arranjadinho o comprimento está bom, mas para andar assim livre da vida sem eu lhe mexer, não! 😀

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s