Todas As Vidas Do Mundo

Quero todas as vidas do mundo,

Todas as possibilidades,

Quero chegar e já ter saudades

Do que findou, sem assim ser oriundo


De parte nenhuma, de lugar algum,

Mas quero pertencer a tudo em que toco,

Quero do compromisso o sufoco

E a liberdade de amor nenhum.


Quero pertencer ao mundo e partir,

Mas ficar para criar raízes no chão.

Não sei viver sem a contradição

De querer ser tudo e nada me servir.


Assim vou eu correndo,

A querer todas as vidas do mundo

E com este coração vagabundo

Nem a minha vou vivendo

Carina Pereira, 11 De Janeiro de 2015

in “Raízes”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s