Sabes-me A Pouco

Sabes-me a pouco

Mesmo quando me dás tudo de ti

Porque se não o dizes, é pouco.

Eu quero palavras

A minha alma alimenta-se da tua voz

Preciso de te ouvir dizer

Gestos não bastam, metem-me dó.

Olha-me e diz-me o que sem som

Me dizem os teus abraços

Porque eu preciso de saber, de escutar

Eu preciso de encontrar a razão porque te seguem os meus passos.

Sabes-me a pouco

Porque tens segredos no teu quarto interior

Porque não és capaz de pronunciar sem medo a palavra amor.

As palavras não se esgotam, são eternas

E eu quero-as para poder viver tranquila

Senão continuarás a saber-me a pouco quando me devias saber a vida.

Carina Pereira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s